Copyright © 2021 | Miguel Louro | Todos os direitos reservados | handmade by brainhouse
SUN/NUS
26ª exposição individual
SUN/NUS

2009 - Inauguração da exposição das Telas na sala de eventos da Quinta do Pinheiro em Ferreiros-Braga no dia 5 Dezembro.

2009 - Exposição no Centro de Cultura e Congressos da Secção Regional do Norte da Ordem dos Médicos durante o mês de Fevereiro.

Os olhos já procuram interditos
Que a luz permite acesso a devaneios
Se os corpos reveláveis imprevistos
Guardarem o pudor de seus receios

Não sei de que olhar somos desejo
Que tão destemperado é no corpo
Daquele que vê outro mais exposto
Entrar pelo seu dentro insatisfeito

Dirão que o criador da sua imagem
Só quis dar luz à forma de um tecido
O corpo embrulhado na roupagem
De seu próprio encanto seduzido

Foi este corpo a criação do mundo
Nu em si mesmo se outro o não olhar
Mas de um poder que o nu torna fecundo
E justifica a luz que o consagrar

O grão é a palavra humedecida
A prova revelada do não dito
A voz suspensa a mão surpreendida
O corpo em lume brando reflectido

Talvez hoje a vulgar banalidade
De querer a olho nu toda a existência
Que se crê pele da pró pria liberdade
Tire à nudez a sua pertinência

Assim deve o artista prosseguir
A busca perspicaz da sedução
De um corpo outro corpo iludir
Num acto indiscreto de visão

José Machado (In: Cartaz da Exposição, SUN/NUS)
Inauguração da Exposição na Ordem dos Médicos
‹‹ VOLTAR ^ TOPO